Em abertura do XVII Conec, presidente do Sincor-SP ressalta força da categoria

REVISTA COBERTURA MERCADO DE SEGUROS

Em abertura do XVII Conec, presidente do Sincor-SP ressalta força da categoria

Alexandre Camillo enfatizou a importância dos corretores de seguros em meio a crise

Durante a abertura da 17ª edição do Conec, que aconteceu na noite desta quinta-feira, 6, o presidente do Sincor-SP, Alexandre Camillo, ressaltou a importância da categoria dos corretores de seguros e sua força no mercado de seguros.

“Porque o que vemos aqui é a maior e melhor demonstração da força, pujança e dinamismo do setor de seguros, especialmente do corretor de seguros, diante de todas as adversidades que possam se apresentar”.

Camillo também defendeu a atuação dos corretores de seguros, mas lembrou de que sempre enfatiza que ainda há muito que otimizar como categoria. “Defendo a atuação do corretor de seguros, mas não perco a lucidez nesta defesa, uso argumentos que nos destacam para a distribuição do nosso produto seguro e sempre irei apontar aquilo que ainda precisamos melhorar”.

O presidente do Sincor-SP enfatizou que durante anos o corretor de seguros cumpre seu papel de aproximar o seguro do consumidor, além de “também o papel de trazer para as seguradoras a informação daquilo que é desejado pela sociedade, acompanhando a mudança da postura e perfil dos consumidores”. E ainda completa: “o corretor de seguros é o fiel da balança, é quem dá estabilidade para este mercado, quem atua quando algo não sai dentro da expectativa do consumidor, e até mesmo na expectativa das seguradoras pela aceitação de um determinado produto pelo consumidor”.

Corretor durante a crise

Segundo Camillo, durante a crise econômica e política, a venda de veículos novos caíram cerca de 30%, o mesmo percentual não refletiu nos prêmios de seguros. “Os prêmios de seguro de automóvel também caíram, mas não nesta mesma proporção, ficando com um decréscimo de 3%. Isso é a atuação do corretor de seguros, que manteve a carteira viva, que promoveu a renovação de seguros, e isso literalmente é seu mérito, sendo o seguro de automóvel quase que na totalidade vendido por este canal”.

E essa atuação reflete em todo o setor. “no primeiro semestre de 2016 o mercado de seguros cresceu entre 6% e 7%, mesmo com toda essa turbulência, porque justamente o corretor de seguros, por preparação e porque o momento exigiu, diversificou, levou para o cliente diversidade de produtos”.

Segundo Camillo, o Conec de 2016 está inserido na perspectiva otimista de alavancagem da economia do país. “Não poderíamos imaginar um momento otimista como este que emoldura a 17ª edição do Conec, pois vivemos a expectativa de uma melhora na política, por consequência na economia, o alinhamento das instituições que orientam o setor de seguros”, disse o presidente do Sincor-SP durante seu discurso.

 

Fonte ( revista cobertura)

Deixe seu comentário

Endereço: Av. Rio Branco, nº 124, 4º-9º-10º e 11º pavimentos, Centro - Rio de Janeiro - RJ