Arquivos sobre ‘Seguradoras’

Bradesco Seguros patrocina o CONARH 2016

bradesco-predio

O Grupo Bradesco Seguros patrocina o maior evento de Gestão de Pessoas da América Latina e segundo maior do mundo, o CONARH ABRH, que acontece de 15 a 18 de agosto, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Promovido pela ABRH- Brasil (Associação Brasileira de Recursos Humanos), a 42ª edição terá como tema “Gestão que inspira pessoas que conquistam…”.

A novidade deste ano é o Espaço Corners, em que pela primeira vez serão apresentadas quatro palestras simultaneamente no mesmo auditório, sem divisórias ou isolamento acústico.

Durante os quatro dias de congresso, os participantes poderão assistir palestras, talk shows e painéis, com especialistas do Brasil e do exterior, que analisarão cenários, abordarão as principais tendências em capital humano e provocarão reflexões sobre os temas mais atuais em gestão de pessoas.

Paralelo ao Congresso será realizada a Expo ABRH, maior e mais completa exposição de produtos e serviços para a gestão de pessoas do mercado, que contará com um estande da Bradesco Seguros.

Sobre o Grupo Bradesco Seguros

O Grupo Bradesco Seguros, conglomerado segurador da Organização Bradesco, lidera o mercado de seguros brasileiro, com atuação em âmbito nacional nos segmentos de Seguros, Capitalização e Previdência Complementar Aberta. Patrocinador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, junto com o Banco Bradesco, e Segurador oficial do evento, o Grupo registrou no primeiro semestre de 2016 faturamento de R$ 32,4 bilhões nos segmentos de seguros, capitalização e previdência complementar aberta – evolução de 6,9% sobre igual período de 2015. Há cerca de uma década, o Grupo vem sustentando crescimento médio anual na casa de dois dígitos, mantendo market share em torno de 25%. Seu volume de provisões técnicas atingiu R$ 190,6 bilhões em junho de 2016.

Acidentes com embarcações: população pode ficar sem seguro obrigatório

16937_thumb_g

Acidentes com embarcações: população pode ficar sem seguro obrigatório

FENACOR lidera ação para garantir cobertura do seguro DPEM. O Brasil está entre os países nos quais ocorre o maior número de acidentes com veículos aquaviários envolvendo vítimas

Se não fosse uma ação emergencial liderada pela Federação Nacional dos Corretores de Seguros Privados e de Resseguros (FENACOR), junto à Superintendência de Seguros Privados (Susep), Confederação Nacional das Seguradoras (CNSEG) e principalmente junto à única seguradora que vinha aceitando a contratação do Seguro Obrigatório de Embarcações (DPEM), a Bradesco Seguros, desde o dia primeiro de janeiro, ninguém no Brasil estaria fazendo o seguro obrigatório de danos pessoais causados por embarcações (o DPVAT dos barcos). E, se isso acontecesse, a população brasileira enfrentaria um grave problema social no início do ano, um momento em que muitos usam serviços de embarcações em tempos de férias de verão.

O Brasil está entre os países nos quais ocorre o maior número de acidentes com veículos aquaviários envolvendo vítimas. Somente nos rios do Amazonas, entre 2005 e 2015, 269 pessoas morreram em naufrágios, segundo dados do Comando do 9º Distrito Naval da Marinha. O número de pessoas gravemente feridas é muito mais elevado. Nesse sentido, é necessário que o Governo apresente uma solução para a sociedade.

A diretoria da Federação obteve da Bradesco Seguros o compromisso de adiar (até 31/01/16) o fim da comercialização desse produto. O presidente da FENACOR, Armando Vergilio, alerta, contudo, que se não houver uma imediata decisão política do Governo, apoiada pelo mercado de seguros, boa parte da população, principalmente os mais carentes, sofrerá consequências danosas, já a partir de fevereiro deste ano. “Temos muito que agradecer à Bradesco Seguros, que iria encerrar a comercialização do seguro DPEM já a partir de primeiro de janeiro, mas ouviu os apelos da FENACOR e adiou essa medida para o próximo mês. Agora, o Governo e o mercado precisam agir rápido para evitar que a população fique desamparada”, adverte Vergilio.

O quadro de acidentes tem se agravado em todo o país. “O DPEM, embora seja um seguro obrigatório, com cunho social, não é contratado por parcela expressiva de donos de embarcações. E não há uma fiscalização efetiva do Governo, o que é lamentável”, observa Armando Vergilio. Ele revela que muitas vítimas de acidentes com embarcações, ou seus beneficiários, recorreram à Justiça, atingindo diretamente a única seguradora que ainda comercializava o DPEM, mesmo que ela não tivesse contratado o seguro, o que, segundo ele, justificaria plenamente a decisão da Bradesco Seguros.

Para o corretor se seguros Wanderson Nascimento, o DPEM precisa ser assumido o mais rápido possível. “O seguro vale tanto para embarcações comerciais como para um jet ski. Nas fiscalizações na Capitania dos Portos, é o primeiro documento requisitado. Num país com nosso litoral e nossos rios, principalmente na Amazônia, não é possível deixar a população descoberta. Este e sim, o DPVAT das águas e que mexe com a vida de milhares de pessoas que transitam por via aquaviária”, alerta.

Para resolver o problema, a  Susep criou um grupo de trabalho para analisar e propor uma solução bem como algumas alterações no modelo atual do seguro DPEM. Armando Vergílio frisa, entretanto, que o agravamento do quadro atual exige mudanças imediatas no seguro DPEM, e que é preciso avançar o quanto antes. “A situação é gravíssima. Faço um apelo às autoridades e ao mercado de seguros para que ajam rapidamente. Não temos mais tempo a perder”, conclama o presidente da Fenacor.

DPEM – o que é?

O seguro DPEM foi instituído pela Lei nº 8.374, de 30/12/91, que em seu artigo 1º alterou a alínea “l” do artigo 20 do Decreto-lei nº 73, de 21/11/66. Tem por finalidade dar cobertura aos danos pessoais causados por embarcações ou por sua carga às pessoas embarcadas, transportadas ou não transportadas, inclusive aos proprietários, tripulantes e condutores das embarcações, independentemente da embarcação estar ou não em operação.

Quem deve contratar?

Estão obrigados a contratar este seguro todos os proprietários, ou armadores em geral, de embarcações nacionais ou estrangeiras sujeitas à inscrição nas Capitanias dos Portos ou Repartições a estas subordinadas.

A contratação do Seguro Obrigatório DPEM é obrigatória para todas as embarcações, qualquer que seja a sua propulsão e seu uso, tais como: esporte ou recreio, embarcações de passageiros, de carga, de pesca e qualquer outra atividade.

O não pagamento do seguro caracteriza que a embarcação não está devidamente licenciada.16937_thumb_g

Bradesco Seguros sorteia ingressos para as Olimpíadas 2016

bradesco-jogosolimpicos-rio-2016-2_free_big

 

Seguradora também premiará clientes com R$ 15 mil reais em barras de ouro a cada vez que um atleta olímpico do Time Brasil subir ao pódio durante os Jogos Olímpicos

O Grupo Bradesco Seguros coloca no ar a promoção “Vai Brasil…Vai Você”, voltada para clientes da Seguradora. A ação contará com sorteios de pacotes para os Jogos Olímpicos, com direito a acompanhante, e prêmios no valor de R$ 15 mil a cada vez que um atleta olímpico do Time Brasil subir ao pódio durantes os Jogos Rio 2016.

Podem participar da promoção clientes Bradesco Seguros com apólices individuais e CPF ativo. Os produtos participantes são Auto, Capitalização, Dental, Vida, Previdência, Saúde, Residencial, Fiança Locatícia, Equipamentos, Náutico e Cartão de Crédito Bradesco Seguros (Internacional, Gold e Platinum da bandeira Visa). Os interessados precisam possuir ou adquirir os produtos durante até dia 31 de julho.

Além disso, será necessário efetuar o cadastro no Clube de Vantagens Bradesco Seguros. Cada produto dará direito a um número da sorte para concorrer aos prêmios. No caso de Previdência e Capitalização, o segurado poderá ganhar números extras de acordo com o saldo.

 

SulAmérica lança aplicativo para clientes de odontologia

APP

App permite ao segurado acessar informações e serviços sobre o plano a qualquer hora e de qualquer lugar

São Paulo, 04 de janeiro de 2016 – A SulAmérica acaba de lançar o aplicativo SulAmérica Odonto, que permite aos clientes acessar, via smartphone, informações e serviços do plano odontológico, quando e onde quiserem. Por meio do app, que já está disponível para download gratuito nas lojas virtuais da Apple e do Google, o usuário consulta a rede credenciada por geolocalização, utiliza a carteirinha virtual, recebe notificações e acompanha o status das solicitações de reembolso. É possível também consultar os dados cadastrais do plano, a lista dos medicamentos com até 65% de desconto e a rede de farmácias.

Para a superintendente executiva de Odonto da SulAmérica, Andrea Figueiredo, este lançamento é mais uma etapa no contínuo aperfeiçoamento de produtos e serviços da companhia. “Estamos investindo esforços na implementação de melhorias para nossos segurados, e este app é um exemplo desse trabalho, que busca trazer mais praticidade e modernidade para o dia a dia dos nossos clientes”, destaca.

No terceiro trimestre de 2015, a SulAmérica Odonto registrou um incremento de 23% no número de beneficiários, na comparação com o mesmo período do ano anterior, chegando à marca de 726 mil usuários. Além disso, em outubro passado, classificou-se entre as operadoras brasileiras com melhor desempenho no segmento odontológico, segundo relatório feito pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Sobre a SulAmérica A SulAmérica é a maior seguradora independente do Brasil, com uma rede de distribuição de mais de 30 mil corretores independentes. Fundada em 1895, a companhia possui cerca de 5,3 mil funcionários e atua em várias linhas de seguros, como saúde e odontológico, automóveis e outros ramos elementares, vida, além de outros segmentos, como previdência privada, investimentos e capitalização. A SulAmérica tem mais de 7 milhões de clientes, de pessoas físicas a grandes empresas, em todo o país. Em 2014, a Companhia registrou receitas totais de R$ 16,9 bilhões.

Endereço: Av. Rio Branco, nº 124, 4º-9º-10º e 11º pavimentos, Centro - Rio de Janeiro - RJ